voltar

Congresso internacional sobre resistência aos antibióticos e controlo de infeção

Home
2019-03-15

Congresso internacional sobre resistência aos antibióticos e controlo de infeção

O Hospital da Luz Learning Health e a Creating Health (Universidade Católica Portuguesa) realizam, a 24 de maio próximo, mais uma edição do congresso Resistências Antimicrobianas e Infeções Associadas aos Cuidados de Saúde. As bactérias resistentes aos carbapenemos e o risco que representam na Europa e em Portugal, exigindo respostas mais eficazes por parte das unidades e sistemas de saúde, constituem o tema central deste congresso.

As infeções causadas por bactérias resistentes aos carbapenemos (um grupo de antibióticos considerados de última linha’) constituem atualmente um elevado risco para as unidades de saúde na Europa, apresentando Portugal uma evolução crescente muito rápida nos últimos anos. Estas bactérias são geralmente a causa de infeções urinárias e sanguíneas em ambiente hospitalar, estando associadas a internamentos prolongados, falências no tratamento e maior mortalidade. «À semelhança do que aconteceu em 2018 e nas edições anteriores dos cursos IACS, teremos intervenções de prestigiados oradores portugueses e estrangeiros com vasta experiência nesta área», explica Carlos Palos, médico internista que coordena o grupo de prevenção e controlo de infeções e resistência aos antibióticos no Grupo Luz Saúde e é um dos organizadores desta iniciativa.

A conferência de abertura do congresso – que se realizará no auditório Cardeal Medeiros, na Universidade Católica, em Lisboa – estará a cargo do professor Barry Cookson (diretor do Laboratory of Healthcare Associated Infection - Centre for Infections Health Protection Agency, Londres), que analisará os planos de controlo de infeção postos em prática nos últimos 30 anos no Reino Unido. Outros temas abordados serão os desafios em termos de controlo de infeção, diagnóstico e terapêutica – sendo apresentado o modelo de ‘Integrated Stewardship’ por Jan Willem Dik (Department of Medical Microbiology, Universidade de Groningen, Holanda) –, assim como a atuação perante reservatórios humanos e ambientais, incluindo a guideline da ESCMID-EUCIC sobre descolonização de portadores de Gram negativos resistentes aos carbapenemos

Haverá pela primeira vez um ‘Portuguese Innovation Corner’, estando a conferência de encerramento a cargo de Pedro Pita Barros e Carolina Santos, sobre o relatório da OCDE ‘Stemming the Superbug Tide-Just a few dollars more’ e suas implicações para Portugal. Durante o período de almoço haverá lugar a quatro intervenções de âmbito científico-comercial, da responsabilidade de empresas patrocinadoras, estando já confirmadas a Steris e a Cepheid.

Este congresso será precedido pelo Workshop de Reprocessamento Endoscópico, a 23 de maio, no auditório do Hospital da Luz Lisboa, em co-organização com a Steris Ibérica. E será complementado pelo workshop ‘Acreditação em Controlo de Infeção e Antibiotic Stewardship-2019 update’, a 25 de maio, no auditório do Hospital Beatriz Ângelo.

 

voltar
Serviço Nacional de Saúde Linha SNS24